segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

A menina das conchas - Parte II

Vladimir Volegov
   Manhã do dia 23 de fevereiro de 1989.

   Um homem se aproxima da cama de sua filha e diz:
   - Querida, acorde! Hoje é o seu aniversário!
   A menina abriu os olhos lentamente, ainda um pouco confusa. Olhou para o seu pai. Ele estava muito animado e segurava uma pequena caixa de papel. Jogou o cobertor para o lado e ficou em pé na cama para abraçá-lo.
   - Parabéns Thalia! A sua tia está na sala lhe esperando, ela tem um compromisso e irá embora logo. Mas antes, pegue o seu presente!
    Ansiosa, ela pegou a caixinha. Dentro, estava um colar dourado com um pingente de concha. Era tão reluzente que Thalia não conseguia parar de admirá-lo.
   - Obrigada papai! Eu adorei!
   - Eu sabia que você ia gostar! Agora, você é a menina das conchas. Vá se arrumar que  a sua tia está com pressa.
    Ele saiu do quarto e deixou a menina sozinha. Ela colocou um vestido rosa com babados e o colar que ganhara. Foi para a sala e encontrou a tia sentada na poltrona, perto da janela. Era a irmã de seu pai, mas em nada se parecia com ele. Rabugenta e brava.
  - Olá titia!
    - Bom dia. Feliz aniversário! Trouxe um presente para você, pegue.
   Thalia pegou o embrulho em papel pardo. Era retangular e do tamanho de uns três livros grossos juntos. Rasgou o papel (para a desaprovação da tia) e encontrou uma caixa de madeira. Era cor de mogno e tinha enfeites e floreados em alto relevo. Por dentro era forrada de veludo vermelho. A menina ficou encantada.
  - Obrigada! – Dizendo isso, pulou no colo da tia e a abraçou.

Uma semana depois.

   Na praia, Thalia e seus pais montavam um castelinho de areia. Mais cedo, enquanto sua mãe estivera tomando sol, a menina e seu pai andaram na beira da água e encontraram muitas conchas. A caixa que ganhara da tia de presente serviu para ser a defensora de seu maior tesouro. Lá, guardou todas as conchas que estavam no fundo de uma gaveta e colocou a caixa em cima de um móvel de seu quarto.

6 comentários:

  1. eu estou ficando cada vez mais curioso pra saber o que vai acontecer com a Thalia =P
    Ótimo texto =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada =D
      Quem sabe eu ainda posto uma terceira parte?

      Excluir
  2. UM QUE LINDO,ADOREI A THALIA.SEU BANNER TA NO BLOG JA.SO QUE ELE FICOU PEQUENO. :(

    ResponderExcluir
  3. Que fofura *-* continua logo!
    Ah, que saudade de escrever meus contos.
    Abraços,
    Isabela

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...