domingo, 24 de junho de 2012

A última carta de amor?

         Para __________,

    2007 talvez não tenha sido o melhor ano de nossa história, mas chegamos até aqui, com nossos erros, nossos acertos. Momentos bons, momentos ruins.
   Espero que esse livro lhe ajude a me entender melhor, da mesma forma que venho me esforçando para entendê-la. 
   No encontro de entendimento mútuo, talvez reencontremos a alegria, o gracejo e juntos sorrindo comecemos a escrever.
   Como serão as nossas vidas, ou melhor, o nosso futuro, a nossa vida. 
   Tenho dito e vou repetir aqui: te amo! Te amei desde o primeiro momento que te vi, continuo amando e assim vai ser sempre, mas quero ver a paz e a felicidade em nossas vidas.

   A paz de Jesus e um Feliz Natal!

                                                        ____________________***


    Fechou o livro bruscamente. Seus olhos inundaram-se de lágrimas. Lembrou-se do dia em que lera a dedicatória pela primeira vez, emocionando-se. Agora, tudo o que queria era esquecer que ele existira em sua vida, nunca mais ter que reviver esse sofrimento.
     Reuniu todos os presentes que ele lhe dera, todas as cartas, todas as coisas que reavivassem a lembrança. Com pesar, colocou a caixa no carro. Deu a partida. Uma nova e melhor fase certamente viria.

*** Esta dedicatória foi encontrada no livro "Correio Feminino" - Clarice Lispector, pertencente à uma Biblioteca Municipal. (Em breve postarei uma resenha deste livro!)



2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...